sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Circuito Mineiro de Corridas do ABC - Etapa Divinópolis 15.11.11



Por: Daniel X.

O Circuito Mineiro de Corridas do ABC, faz parte de um circuito de corridas promovido pelo Super Mercado ABC e, passa pelas cidades de Santo Antônio Monte, Lagoa da Prata, Pará de Minas, Araxá, Itaúna, Arcos, Oliveira, Campo Belo, Formiga e Divinópolis , cidades nas quais situam as lojas ABC.
A etapa Divinópolis, encerrou o circuito de 2011.
O Super Mercado ABC, é uma tradicional rede de supermercados do Centro Oeste de MG, que começou em Divinópolis, e com este evento, vem a contribuir muito com o social, pois, além de promover o incentivo à pratica do esporte, também ajuda entidades.Quando o atleta fazia sua inscrição, ele optava para qual instituição o evento enviaria um vale compras, no caso do atleta vier a ser premiado.
A instituição que escolhi foi a Comunidade Sacramento de Amor, entidade cristã, que possui uma Casa de Acolhimento e Recuperação, do qual já tive a oportunidade de acompanhar o trabalho de perto.
Militares do 23° BPM e 10°BBM


A taxa de inscrição foi de 15reais + 1 litro de leite, que deveria ser entregue na retirada do kit.
Corredores tiveram a disponibilidade de retirar o kit no dia da prova, que apesar de singelo, não veio com aquele excesso de propagandas que, até mesmo eventos caros colocam em seus kits. Decidi que a partir de agora, vou deixar tudo aquilo que considero excessos, no ato da retrirada, afinal, kit de corrida não é saco de lixo.

Mais uma vez, uma organização prova que é possível promover um Grande Evento, sem explorar o corredor/cliente. Aliás, Divinópolis é especialista em promover bons eventos a baixo custo, promovendo a inclusão de todas as classes sociais.
Não é raro vermos organizadores, justificando suas falhas grotestas nas corridas, com o valor de taxa de inscrição do evento. Fato injustificável, até porque, organização é o mínimo que se pode esperar de um evento, seja ele pago ou gratuito.
Eu e o Leônidas, um dos fundadores da Friends Runners
A prova foi precedida por uma apresentação da banda de música da PMMG, que foi um dos momentos mais emocionantes do evento.
A banda da PMMG, também tocou o Hino Nacional, e outras músicas durante o prova.
O percurso foi semelhante ao da Corrida de Pentecostes, que aconteceu na cidade em junho deste ano1. Porém, ao invés da largada acontecer na av. 1° de Junho, acontecia na Av. Getúlio Vargas, sem frente ao Poliesportivo, Fábio Botelho Notini , que se encontra em reforma.
O atleta, Teodoro, não se esqueceu do dia da Marcha Contra a Corrupção.


As corridas em Divinópolis, são conhecidas pelo seu alto nível de dificuldade, devido a sua altimetria pesada. Logo nos primeiros metros, os corredores já se deparavam com um pequeno morro na R. Itapecerica, que levava até a av. 1° de Junho. Foram seis quarteitões de terreno relativamente plano, até chegar na Rua Goiás. A partir daí, era um verdadeiro festival de morros. Essa parte do percurso começa com uma leve subida que vai aumentando gradativamente, numa subida interrupta, que totalizava mais de 10 quateirões.
Depois de uma descida bem íngime, ainda na R. Goiás, um retorno e mais subida, onde fazíamos uma curva na R. Pará, chegando à R. Pernambuco.
A partir daqui o quadro se inverte, com a predominância de descidas. No cruzamento da R. Pernambuco, com a R. Mato Grosso, os corredores se deparavam com uma descida bem íngrime. Nessa parte do percurso, tive que tomar o dobro de cautela, pois, foi exatamente ali que me lesionei na 17ª Corrida de Pentecostes, ficando todo esse tempo sem poder treinar (e ganhando quilinhos a mais...).
Depois de toda essa sequência de subidas e descidas íngrimes, o percurso chega a Av. Getúlio Vargas, com uma leve descida até a linha de chegada, proporcionando uma boa oportunidade para finalizar com um sprint.
A quilometragem foi bem marcada, postos de água bem posicionados. O controle do trânsito, que ficou a cargo da PMMG e SETTRANS, foi impecável.
Apesar do nível de dificuldade da prova, o clima estava completamente nublado, contribuindo para a performance dos atletas. Além de que já havia chovido na noite que antecedeu o evento.
Ao cruzar a linha de chegada, os corredores tinham assentos, para retirar o chip com mais conforto, que mostra ainda mais o compromisso da organização com os corredores.
Assentos após linha de chegada e posto médico da PRONTOMED
Após a prova foi oferecido: frutas, sorvete, iogurte, água + hidrotônico a vontade e, sorteio de brindes. Inclusive, cada corredor ganhava dois envelopes de hidrotônico em pó e, uma medalha muito bem elaborada.
O resultado da prova também foi disponibilizado imediatamente para os atletas.


Opinião dos Atletas: A Prova

Opinião dos Atletas: Organização


Várias equipes subiram ao pódio, entre elas:
Friends Runners, ACORD
CORPRAN-Pará de Minas, Casa do Corredor, Escola de Esportes S.A.Monte

Mas quem teve predominância no pódio mesmo, foi a Equipe do Cruzeiro. Tendo o Ferreirinha como campeão do Circuito, vencendo sete, das dez provas.
Colocação:
Galeria de Fotos:
Parabéns à rede de Supermercados ABC, e que esse circuito sirva de modelo para quem está começando no ramo das corridas.
Aprendam antes de realizar um evento, pois, corredor/cliente não pode ficar servindo de laboratório para organizador. Quem achar que não está preparado para realizar um evento, que não o faça!
Os corredores do Brasil, tem passado pelos mais diversos dissabores ao participarem de um evento, do qual estão pagando para participar. Erros grotescos como: falta de água em provas (que pode levar à desidratação), falta de medalhas, organização que cancela a corrida sem aviso prévio, falta de controle no trânsito (colocando em risco a integridade física dos atletas) e inúmeros descumprimentos de regulamento.
Mas, é ao participar de eventos como este, que nos sentimos cada vez mais incentivados!
Insisto aos corredores, que exijam mais seus direitos como clientes, pois, os Corredores de Belo Horizonte já estão cansados de passar por situações constrangedoras em eventos que, muitas vezes ainda custam caro. O movimento "Corrida Pipoca" vem para exatamente abrir os olhos de corredors e organizadores, para que passem a entender seus verdadeiros papéis. Corrida é produto e corredor é cliente. A corrida que desrespeitar o atleta, será incluída na lista de "Corridas Pipoca", onde atletas participam sem estarem inscritos, claro que sem usufruir do evento.
Não tinha Sgt Polaco, mas tinha o cão, Luca.

Fui embora com a sensação de não ter participado apenas de uma corrida, mas de uma grande festa!
Antes de encerrar o ano, já tenho a segurança de dizer que, essa foi a melhor corrida que participei em 2011!
Obrigado ABC!
Camarão e Schumacher, da Friends Runners
Nota: 10!!

Comente com o Facebook:

3 comentários:

  1. Parabéns Daniel por outra grande cobertura de mais uma corrida !!!
    show !!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog e pela matéria Daniel.. tá um sucesso!!! forte abraço

    ResponderExcluir
  3. Edmar Cardoso / Gerente de MKT ABC21 de novembro de 2011 15:02

    Daniel.
    Agradecemos por sua excelente cobertura e participação.
    O Circuito Mineiro de Corrida de Rua ABC “Mexa-se para o bem viver” 2011 foi um sucesso graças à participação de todos os atletas e acompanhantes.
    Que em 2012 possamos estar juntos novamente e ampliar ainda mais estes resultados positivos.

    ResponderExcluir