domingo, 22 de abril de 2012

Itaú Power Shopping/Contagem 22.04.12


Por Daniel X.


A princípio não iria participar mais deste evento, devido aos problemas de saúde de minha mãe, que teve que ser internada na quinta-feira.
Mas no sábado decidi que ficar em casa sentado e me preocupando não iria resolver nada, e que correr iria me ajudar a aliviar um pouco o estresse da última semana, em que não tive disponibilidade nem para treinar.

O kit não me agradou, pois além de precário, não havia chinelo disponível do meu tamanho, já que peguei meu kit na última hora. Acho bom que os organizadores variem nos kits, para que não se tornem repetitivos, porém, chinelo já havia gerado reclamações por parte dos corredores em uma das edições da Ragga Night Run, em 2011.
Na verdade, acho essa história de kit já está passando da hora de acabar. Organizadores usam camisas e outros adereços como atrativos mas, muitas vezes pecam na qualidade do evento. O que eu quero é organização. Camisa eu compro em loja.

Embora tenha decidido participar do evento para aliviar o estresse, já dei azar no guarda volumes. Achei um documento de identidade no chão, mostrei à uma Staff do guarda volumes e sugeri levar o referido documento para ser anunciado no alto-falante. Nesse momento um atleta de uma equipe renomeada
em MG, chegou procurando sua carteira de identidade. Ao perguntar se a carteira era dele, tive a a seguinte resposta: "Olha pra minha cara e vê se é!", arrancando o documento da minha mão com grosseiria. Pelo menos se lembrou de me agradecer quando eu já tinha caminhado alguns metros.

Apesar do evento fazer parte do Campeonato Mineiro de Corridas de Rua, achei o número de participantes bem pequeno, provavelmente devido a outras corridas que aconteceram em BH na mesma data.
O preço foi bem acessível se comparado a outras corridas que acontecem em BH. Quem comprou o primeiro lote pagou o valor de 40 reais (+ taxa de inscrição pela internet).

Logo no primeiro quilômetro mais exemplos de "boa" educação. Um corredor puxou o colega pelo braço e o empurrou para fora da área de segurança marcada por cones. Expondo o outro atleta ao risco de acidente. Como estava logo atrás, tive que me desviar e chamei atenção dos dois: "olha a brincadeira aí, gente!". Numa verdadeira mostra de etiqueta, me responderam: "a brincadeira é nossa, fica na sua!". Sim, a brincadeira era deles, mas além de colocar sua integridade física em risco, colocam também a de terceiros.
  
Fotos em alta definição já disponíveis no site MediaRun

Mais um vez presenciei ciclista na pista de corrida.

O percurso é desafiador, pois, a maior parte do trajeto é composta por aclives e declives, não muito íngrimes mais longos. Boa parte do trajeto era em concreto.

Não faltou água, que em alguns pontos estavam em temperatura ambiente e em outros gelada.

O evento não contou com banheiros químicos. Os atletas usaram os banheiros do próprio Shopping. Uma ponto positivo foi a possibilidade de usar também o estacionamento do shopping.

Após a linha de chegada foram oferecidos: frutas, hidrotônico, creme de açaí e medalha de Finisher.

Houve atraso na premiação devido a problemas com o chip de cronometragem. Uma falha grave, já que essa corrida vale pontos para o Campeonato Mineiro de Corridas de Rua.
A apuração do resultado só foi possível devido a anotação manual pela FMA na linha de chegada, mesmo assim vi atletas se queixando que foram prejudicados.

Com excessão da falha na cronometragem, o evento foi muito bom. Os incômodos que tive foram devido a falta de educação de alguns corredores.

Apesar de ter sido uma semana bem difícil, participar do evento ajudou a amenizar um pouco a tensão que estava sentindo, ainda mais com a presença de grandes amigos.
Benito Ricoy

Adriano e Ronildo, da equipe "Pipoca"

Equipe Bretas: pai e filho

Nessa corrida conheci o João Lopes, que recentemente passou por um grande momento de estresse, e foi descarregar um pouco na corrida.

O atleta veterano, Alcino, que também buscou no Esporte a superação em momentos difíceis. 

Capitão Tardin, Daniel X. e o Téc. Maron


Equipe BMMG

Agradeço ao técnico Adriano Maron, que além de ser um ótimo treinador se mostrou um verdadeiro amigo ao passar algum tempo me ouvindo.

Wander do Prado Moura, da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Contagem.

 Dia 27 de maio tem a 7ª Corrida João César/Contagem, que também faz parte do Campeonato Mineiro de Corridas de Rua. Clique na imagem para fazer sua inscrição:

No próximo dia 29 também tem outro evento que faz parte do CMCR, que é a Meia Maratona da Linha Verde. Lembrando que a Maratona Linha Verde e Corrida da Família não fazem parte do campeonato.

Inicialmente essa seria minha primeira maratona, mas depois de conversar com técnicos e atletas mais experientes, resolvi deixar os meus primeiros 42 km para uma outra ocasião. Quem vai se aventurar neste evento fazendo sua primeira maratona deve tomar muita cautela. O percurso tem uma altimetria extremamente difícil (até mesmo para uma meia maratona), fatores como falta de arborização e a época do ano também deixarão um clima bem árido durante a prova.

Aguardo os amigos Alan Nardi e Fábio Namiuti, de SP, para encararem este grande desafio!

Dedico este review ao amigo, Eduardo Carvalho, devido a toda dedicação que presta a seus pais.


"Muitos filhos só entenderão que deveriam ter conhecido e amado mais seus pais no dia em que eles fecharem os olhos para sempre."
                                                                                                                   Augusto Cury

Comente com o Facebook:

9 comentários:

  1. Wander do Prado Moura22 de abril de 2012 22:00

    o MEU MUITO OBRIGADO PELO CARINHO DE VOCÊS SEMPRE GRATO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sr. Wander do Prado, estarei sempre ao seu dispor, pois como sabe, sempre apoio aquele que realmente tem compromisso com o Esporte.

      Excluir
  2. Então o resultado geral como iremos ver?
    Por faixa etária... ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem anônimo, até onde sei, a premiação só foi possível devido a anotação manual pela FMA na linha de chegada. No caso do resultado geral, com certeza a FMA não deve ter anotado o tempo de cada atleta q cruzou a linha de chegada, até porq este procedimento é de responsabilidade da organização.

      É o que sempre digo: quem se sentiu prejudicado, que procure seus Direitos e exerça seu papel tanto como cliente, quanto cidadão.

      Excluir
  3. Oi Daniel, infelizmente gente sem educação se encontra em todos os lugares, a corrida foi boa um percurso novo, saindo do lugar comum de Belo Horizonte, e como você sempre faz em seus comentarios sobre as provas, colocando a questão do respeito ao corredor que faz a inscrição e como todo serviço que vc paga quer receber o que foi prometido, simples assim.Vamos repetir sempre quem sabe as mudanças ocorrem. Valeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo apoio, Benito.
      Reiterando (mais uma vez): todo serviço que vc paga quer receber o que foi prometido, simples assim.

      Excluir
  4. “Clientes podem demitir todos de uma empresa, do alto executivo para baixo, simplesmente gastando seu dinheiro em algum outro lugar”. (Sam Walton)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. “Clientes podem demitir todos de uma empresa, do alto executivo para baixo, simplesmente gastando seu dinheiro em algum outro lugar”. (Sam Walton)[2]

      Excluir
  5. Ola!
    Essa era uma prova que eu queria ter participado!
    Ano passado em uma ddas corridas do circuito de contagem, o Wander me disse que estavam negociando essa corrida e que seria legal, mas devido ao meu casamento e lua de mel não pude particpar, mas ano que vem pretendo ir sim!
    Luiz fernando (Batman)

    ResponderExcluir