domingo, 17 de junho de 2012

18ª CORRIDA DE PENTECOSTES 18.06.11 Parabéns Divinópolis!!


Por Daniel X.

Conhecida como a São Silvestre do Centro Oeste de MG, a Corrida de Pentecostes, que chega a sua 18ª edição, já começou mostrando as melhorias logo na inscrição, que este ano pôde ser feita pela internet e sem cobrança de taxas adicionais.

O valor de inscrição também foi outro grande ponto positivo, 25 reais. O evento contou com premiação por faixa etária, sendo 29 cateorias, entre elas, a de portadores de necessidades especiais, e totalizando treze mil reais em prêmios.

A temática da corrida foi referente ao centenário da cidade, que completou 100 anos no dia 1º de junho deste ano. A organização também homenageou o atleta novaserranense, José Maria Assunção, da Acord, que participou de todas as edições do evento.

A retirada de kit foi realizada no sábado e no dia da prova. Outro ponto positivo, pois é uma corrida que atrai atletas de várias cidades, e muitos não tem disponibilidade de comparecer antes.

A camisa foi de tecido técnológico, idêntica a de 2011, com a diferença que a camisa do percurso de 5 km era na cor verde.

A largada, que foi precedida pela apresentação da banda de música da PMMG, aconteceu com alguns minutos de atraso.
 

O percurso é composto de aclives e declives, alguns bem íngremes, como alguns trechos na Rua Pernambuco.
O primeiro posto de hidratação ficou aproximadamente no km 3.5, e era o único. Quem fazia o percurso de 10 km passava por este posto duas vezes.

Embora o trajeto seja de apenas 5 km, a organização teve dificuldades em controlar o trânsito. Muitas vezes presenciei corredores disputando pista com carros,  principalmente nas ruas e avenidas que cruzavam com a rua Goiás, nos primeiros quilômetros.

Ao seguir pela rua Itapecerica, para realizar a segunda volta, me deparei com fato negativíssimo: a corda divisória que isolava a pista na hora da largada foi deixada no chão, e os corredores tinham que pular pela mesma, correndo risco de se acidentar.
Corda atravessada na pista
 

Ao completar a segunda volta, nos deparamos com outro ponto negativo: o pórtico de chegada estava interditado, tendo o atleta que cruzar o tapete de marcação do percurso de 5 km, fato que gerou muita confusão e atraso na premiação. 

Após a linha de chegada foi oferecido um kit, com uma banana e uma maçã, e água. A a falta de reposição eficiente dos copos d'água acabaram por gerar um racionamento na hidratação pós linha de chegada. Além de estar em temperatura ambiente.
Daniel X. e Daniel Kavalo

Assim como em 2011, onde o atleta, Teodoro, manifestou sua insatisfação quanto ao Programa assinado entre a COPASA e a Prefeitura de Divinópolis, hoje ele também fez seu protesto. Desta vez o protesto foi contra o corte das árvores que aconteceu na Rua Goiás este mês. Saiba mais AQUI!
Luto pelas várias árvores cortadas.

Antes, durante, e depois dos cortes:
  

Devido ao atraso, quando ocorreu a premiação a maioria das pessoas já tinham deixado o local. Isso tirou muito o brilho no pódio.
Atletas excêntricos
 

Foi uma corrida muito boa por seu percurso desafiador e principalmente por rever os amigos Leônidas e Friends Runners, Sandro, João Jorge e ACORD, Escola de Esportes de Santo Antônio do Monte, Corpran, Corp e Casa do Corredor. Mas para uma corrida que comemora o centenário da cidade, ficou muito aquém do esperado, devido às falhas que poderiam facilmente ser evitadas.

Uma das medalhas mais bonitas de 2012!

Voltei para BH de caroninha com a Equipe da Casa do Corredor. Assim como em 2011, hoje aconteceu também a Corrida da Maioridade e Caminhada da Melhor Idade do INSS em BH. Se em 2013 a data destes eventos se coincidirem, optarei pela Corrida da Maioridade Idade do INSS.

Nota: 7.5

Vídeo em homenagem a Divinópolis, feito através da parceria entre FUNEDI-UEMG.

Comente com o Facebook:

16 comentários:

  1. Parabéns Daniel, pela reportagem e também pela participação em mais uma corrida! Abraços Nelcina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nelcina, obrigado por estar sempre acompanhando o blog!

      Excluir
  2. Parabéns pela reportagem Daniel, boa mesmo. Estou desanimando, total, dos eventos de corrida de rua, além de caro (que não foi o caso dessa) a falta de respeito com as pessoas que correm é demais. Sempre tem alguma coisa errada....isso desanima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,grande parte das corridas tem me desanimado tb. Tanto q não quis passar nem perto da Meia de BH, embora tivesse planejado correr todas as meias de BH em 2012.
      Mas comigo é assim: quem não me respeitar como corredor/cliente, não vai ver a cor do meu dinheiro tão cedo. Esse é o melhor jeito de exigir respeito. Infelizmente a maioria dos atletas continua pagando p passar raiva.

      Excluir
  3. Parabéns, a divulgação tem um importante lugar no evento, e contribui para que seja melhor a cada ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Corvaço! A ideia é essa mesmo: contribuir.

      Excluir
  4. Divinopolis !! Eu fui !! Otima medalha, otima camiseta, otimo percurso ! Eu ja sabia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, apesar dos pesares, valeu a pena. A medalha está entre as mais bonitas de 2012.

      Excluir
  5. Grande Daniel,

    lendo seu relato e lembrando da minha participação em 2010 tive a impressão de que, no geral, a prova piorou. A começar pelo percurso, já qque não existia esse esquema de duas voltas...era um percurso duro com subidas, mas legal de fazer. O esquema do trânsito é complicado tbm e pelo jeito não houve melhora...quando entrávamos na Getúlio Vargas o trânsito já tava correndo, mesmo controlado. Esperava uma prova maior ainda mais pensando o centenário da cidade. Parabéns pela prova e pelo relato.

    Abraço,

    Alan Nardi
    alanrunnning.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Alan. Participei em 2009 e 2010 e, infelizmente a edição de 2012 foi bem inferior as outras.
      Mas ainda em 2012 teremos ótimas corridas em Divinópolis, as da ACORD, e a do Circuito ABC, que elegi a melhor corrida de 2011!

      Excluir
  6. Respostas
    1. Chefinho, Chefinho, só enrolando, né! Correr q é bom...

      Excluir
    2. oi!!! Cadê meu nome?

      Agda

      Excluir
  7. ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    --ooO--(_)--Ooo--
    Daniel tirando os pontos negativos da corrida que foi a corda e o pórtico de largada fechado ao meu ver lendo o seu relato os organizadores estão de parabéns pq fizeste uma boa corrida com o preço de inscrição baixo, com premiação para todos, inclusive nas faixas etárias e especiais e a medalha que é showww de bola parabéns meu amigo, isso nota-se que tem muitos organizadores de corridas ganhando dinheiro cobrando muito caro as incricões.

    Valeu...bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Jorge. É exatamente o q sempre digo: alguns organizadores parecem visar somente o lucro, principalmente os que carregam nomes de grandes marcas. A solução é BIOCOTÁ-LOS. E já que corrida de rua tem sido encerada por muitos organizadores meramente como fonte de lucro, nunca devemos deixar de cobrar NOTA FISCAL!

      Excluir